Secretário de Transportes diz que não tem autonomia para suspender fiscalizações de veículos de aplicativos


Foto: Arquivo

Depois de tomar conhecimento sobre a reivindicação da classe dos motoristas de aplicativos que procuraram a Secretaria Municipal de Trânsito na tarde desta segunda-feira, 27 de julho, o secretário Danilo Pereira se posicionou na manhã de hoje à Capital FM 107,3 e ao Dianews.com.br.

Ele se reuniu com os três administradores de plataformas que estavam em operação, sendo o proprietário do aplicativo que já está com o alvará em vigência e os demais que apresentaram a documentação, mas tiveram os pedidos indeferidos e terão que reapresentar no prazo de 30 dias.

De acordo com Danilo desde o dia 20 de julho as fiscalizações foram iniciadas atendendo ao que determina a Lei assinada pelo prefeito Deiró Marra. Quanto a suspensão, ele não tem autonomia para conceder essa suspensão como está sendo pedido pelos motoristas e responsáveis pelas plataformas.

“Principalmente se a gente levar em conta que eles tiveram o prazo de 60 dias para poder regularizar as plataformas digitais. Eles precisam então junto ao Executivo ou ao Legislativo uma alteração da Lei para que seja concedido esse prazo”, explicou Dr. Danilo.

A primeira etapa para a liberação do alvará de funcionamento do serviço é a questão de documentação pedida na Lei. Estando tudo correto, os motoristas vão requerer o credenciamento junto ao município onde devem apresentar uma série de requisitos pessoais e dos veículos para que seja feita a inspeção e com isso a liberação.

“O nosso município tem total interesse em que essas pessoas prestem esse serviço. Agora esse serviço precisa ser prestado de forma eficiente, mas sobre tudo de forma segura”, destacou.

 

Motoristas de aplicativos se reúnem e pedem flexibilização de fiscalização da SESTRAN

Um grupo de motoristas de dois aplicativos que realizam o transporte de passageiros na cidade e que tiveram as documentações para conseguir o alvará de funcionamento indeferidas esteve na Secretaria de Segurança, Trânsito s Transportes na tarde desta segunda-feira, 28 de julho, onde pediram que houvesse uma flexibilização da fiscalização que foi iniciada na última semana, onde houve inclusive apreensões de veículos.

A Lei Municipal que regulamenta o serviço, onde consta que serão apenas três plataformas poderão explorar o serviço no município entrou em vigor na segunda-feira, 20 de julho e apenas um aplicativo obteve o alvará de funcionamento para que possa circular com 15 carros.

As plataformas que não estão legalizadas, devem apresentar a nova documentação no prazo de 30 dias e dentro desse prazo dado, os motoristas, representando seus respectivos aplicativos querem que essas abordagens sejam suspensas até que haja uma nova resposta por parte da SESTRAN sobre a liberação ou não.

“A gente queria um prazo para trabalhar mais até essas plataformas todas entrarem e de que cada motorista de cada uma das plataformas ter o direito de estar rodando para depois começar as fiscalizações”, comentou Josi Aparecida, representante e motorista de uma das plataformas.

Cada plataforma pode ter 15 veículos cadastrados e de acordo com a Lei todos devem ser sedans e com menos de 5 anos de uso com exceção para o primeiro ano, onde os veículos podem ter 6 anos.

Esses motoristas estão impedidos de fazer o transporte e caso seja feita a abordagem e houver no veículo passageiro, pode ser configurado como transporte clandestino de passageiros.

“Quem tá rodando tá todo mundo com medo, com coisa que a gente é bandido. E ninguém é bandido aqui nessa profissão, todo mundo tá trabalhando honestamente, querendo pagar as contas e andar em dia com tudo, mas fica difícil porque é SESTRAN, é PM. Você tem que andar com a cabeça mil por hora porque você não sabe se de uma hora pra outra seu carro vai ser apreendido. É se ganha pão. Você vai ver seu carro apreendido e você vai viver do que de depois?”, questionou Janaina Nunes que também é motorista de aplicativo.

A SESTRAN não havia se posicionado de forma oficial até o final da tarde desta segunda-feira, mas houve uma sugestão para que os responsáveis pelas plataformas enviassem um ofício à Prefeitura e Secretaria de Trânsito pedindo essa flexibilização.

 

Polícia Militar prende autor por mandado de prisão em aberto que estava a procura da ex-companheira

28-07-2020. Por volta de 0h55min, a Polícia Militar recebeu informações que um autor, 24 anos, teria deslocado por duas vezes na casa da vítima, na rua Estados Unidos, Bairro Serra Negra. Que este autor estaria com uma faca em punho, a procura da ex companheira, tendo descumprido medida protetiva imposta pelo Poder Judiciário.
 
As equipes do turno deslocaram para o bairro Serra Negra no intuito de localizar e prender o indivíduo. Foram realizadas diligências e levantamentos em locais diversos, tendo as equipes logrado êxito na prisão do autor que se encontrava com mandado de prisão em aberto em seu desfavor.
 
Diante dos fatos o autor foi preso e conduzido à Delegacia de Polícia Civil de plantão.

Autor: ASCOM 46º BPM


Polícia Militar prende autor por posse ilegal de arma de fogo no último domingo


Por volta das 16h48min, a Polícia Militar recebeu informações de que em uma propriedade rural, um indivíduo, de 18 anos, estaria na posse de duas armas de fogo em sua residência.
 
De posse das informações, os militares iniciaram o deslocamento até o referido local quando em uma estrada vicinal se depararam com uma motocicleta, cujo condutor tentou evadir das viaturas, no entanto, foi perseguido e abordado.
 
Logo após a abordagem, o condutor foi identificado como sendo o alvo das denúncias. Os militares deslocaram na residência do autor, onde foi feito uma busca, porém, nada de ilícito foi localizado.
 
Após diversas diligências, os militares descobriram que o autor havia retirado as armas da residência e levado pra outro local. Em decorrência dos diversos levantamentos e diligências, as armas foram localizadas na residência do tio do autor denunciado, à aproximadamente 8 KM da  residência vistoriada.
 
Materiais apreendidos:
 
- 01 revólver cal.32
- 01 garrucha Cal.32
- 01 moto com numeração suprimida e sem placa 
- 01 celular
 
Diante dos fatos, o autor foi preso em flagrante delito e conduzido à Delegacia de Polícia Civil de plantão, juntamente com o material apreendido.

Autor: ASCOM 46º BPM


Número de ativos cai e aumenta número de óbitos por COVID em Patrocínio


Ao contrário dos dias anteriores, o boletim informativo da COVID-19 no município de Patrocínio só foi divulgado no meio da tarde desta segunda-feira, 27 de julho. E no informativo, uma notícia ruim, quando foi apontado mais um óbito confirmado pela doença e com isso o número passou para 11 de um total de 38 investigados.

Quanto a testes positivos de uma forma em geral, subiu para 454 os casos confirmados, mas destes 405 já estão curados. O total de ativos caiu para 38 e outros 4 pacientes testados ainda aguardavam resultado.

A taxa de ocupação de leitos de UTI está estável. De acordo com o boletim são 14 pacientes internados nesses leitos onde 3 são de Patrocínio, um percentual de 40,0% do que é disponibilizado.

Em enfermaria, o total é de 32 pacientes com um percentual de 48,5% onde 10 são patrocinenses.

 

Presidente da COOPA não faz previsões para novo formato da FENICOOPA


Diferentemente dos anos anteriores, a Feira de Negócios e Integração da Cooperativa Agropecuária de Patrocínio – FENICOOPA está sendo realizada sem aglomerações e stands para que os cooperados possam fazer suas negociações. Neste ano, a feira foi dividida em duas etapas, sendo que a primeira começou na segunda-feira, 20 de julho e está abrangendo o setor da agricultura indo até dia 1º de agosto. Já o setor da agropecuária, a Feira será realizada entre 5 e 17 de setembro.

O presidente da COOPA , Fausto Amaral da Fonseca explicou à Capital FM 107,3 e ao Dianews.com.br que neste ano a feita está sendo realizada com o balcão de negócios, onde os cooperados procuram as lojas da Cooperativa como agroveterinária, supermercados e fábrica de rações e negociam os produtos que precisam com preços e prazos adequados a eles.

“Esse é o formato que nós estamos adotando nesse ano exatamente para preservar a saúde de todo mundo, tanto dos nossos associados, visitantes, nossos fornecedores e os funcionários também”, explico Fausto.

A expectativa de negociações de acordo com Fausto é que a movimentação de negócios seja razoável, porém ele não quis prever uma expectativa grande de crescimento em decorrência da pandemia da COVID, mas ele acredita que a movimentação financeira também não deve cair.

 

Governo Municipal segue com obras de interligação da Avenida Jacarandás


Seguem as obras de instalação da rede de drenagem de água pluvial na obra de interligação da Avenida Jacarandás entre os Bairros Jardim Eldorado e Santo Antônio, realizada pelo Governo Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Obras Públicas.

Solicitação antiga dos moradores dos bairros, o novo trecho vai facilitar o acesso ao Bairro, e, após a conclusão da rede de drenagem terão inicio os serviços de aterro, compactação, asfaltamento, sinalização, construção de meio-fio e calçada e instalação de nova iluminação.

Além do trecho da Avenida, também será feito o prolongamento da Rua José Afonso da Cunha.

ASCOM/PMP


Campanha de combate a violência doméstica será lançada hoje


Sob a coordenação da deputada patrocinense Greyce de Queiroz Elias junto a Secretaria da Mulher de Brasília, será lançado hoje às 10h no Estado de Minas Gerais a campanha Sinal Vermelho contra a violência doméstica.

Essa campanha é uma iniciativa da Associação dos Magistrados do Brasil, do Conselho Nacional de Justiça e conta com apoio da bancada federal feminina, da família e dos direitos humanos no Congresso Nacional em Brasília.

Greyce Elias explicou que a ideia da campanha é incentivar que as mulheres, vítimas de violência doméstica possam ir até uma farmácia e mostrar um X desenhado na palma da mão onde o atendente irá acionar a Polícia Militar para que o agressor possa ser afastado dela e com isso serem iniciados os processos criminais por parte da Polícia Civil.

“Precisamos mobilizar nosso Estado para que as vítimas tomem conhecimento dessa alternativa de atendimento. Infelizmente na pandemia os números de casos aumentaram, pois as vítimas de violência estão confinadas com seus agressores”, destacou a deputada.

O Brasil ocupa atualmente o 5º lugar no número de casos de violência contra a mulher e a violência doméstica está em 2º lugar no número de chamadas no telefone 190.

O lançamento da campanha será feito ao vivo pelo canal do Youtube da Secretaria da Mulher da Câmara dos Deputados em Brasília.

 

Produtores tem até sexta-feira para apresentar declaração que não há plantas vivas de soja em suas propriedades


Vence na próxima sexta-feira, 31 de julho o prazo para que os produtores de soja possam fazer a declaração de conformidade com relação ao vazio sanitário que foi iniciado no dia 1º de julho e se estende até 15 de setembro.

Para preencher esse documento, o produtor deve acessar o site do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) e entrar na parte “defesa vegetal” onde ele vai encontrar os ícones vazio sanitário e declaração de conformidade.

Segundo o fiscal assistente agropecuário do IMA em Patrocínio, Geraldo Osório Borges, em entrevista à Capital FM 107,3 e ao Dianews.com.br não haverá prorrogação prazo e o produtor que não fizer essa declaração estará sujeito a fiscalização na propriedade onde caso haja plantas vivas haverá a notificação e o auto de infração, caso não haja a eliminação.

“Como o IMA está fazendo a fiscalização presencial, foi criada essa declaração de conformidade onde o produtor informa que a sua área está sem plantas vivas de soja”, explicou.

O vazio sanitário da soja é uma norma obrigatória para evitar a incidência da ferrugem asiática que se espalha com facilidade através do vento.

“Então pedimos ao produtor uma atenção especial, poque vai terminar o prazo agora no dia 31 de julho. Então pedimos uma colaboração dos produtores de soja de Patrocínio e municípios vizinhos”, pontou Geraldo.


Vereador vê falta de diálogo e bom senso nas fiscalizações de transporte de passageiros


Enquanto secretário Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes, o atual vereador Alcides Dornelas dos Santos iniciou o processo de regulamentação do serviço de transporte de passageiros através de plataformas virtuais. Alcides deixou o cargo e assumiu o advogado Danilo Pereira.

Na última semana, foram realizadas fiscalizações quanto a esse serviço, depois que uma plataforma teve o alvará de funcionamento liberado para operar, onde as demais que estão em funcionamento passaram a ser classificadas que estariam realizando transporte clandestino, mesmo estando com a documentação sendo analisada pela SESTRAN.

O ex-secretário em entrevista à Capital FM 107,3 e ao Dianews.com.br acredita que faltou diálogo entre a secretaria e os responsáveis pelo serviço para que eles pudessem ser orientados quanto a documentação necessária para fazer a regularização.

Alcides comparou à época que foi feita a Lei Municipal que regulamenta o serviço de moto taxi em Patrocínio, onde segundo ele houve primeiro uma conversa com uma comissão dos mototaxistas para que houvesse a orientação desse serviço que hoje funciona sem problemas.

“A questão dos aplicativos, tem tudo para funcionar bem. Hoje precisa regulamentar, mas precisa haver bom senso e menos abuso de poder”, disse Alcides que defende a suspensão da forma que essa fiscalização está sendo realizada.

 

Bombeiros debelam incêndio em depósito de veículos


Quinze veículos que estavam em um ferro velho na estrada de acesso à penitenciária tiveram danos em decorrência de um incêndio ocorrido neste domingo. O fogo teria começado em um lote ao lado e passou para o ferro velho.

Duas guarnições de combate a incêndios do Corpo de Bombeiros estiveram no local estiveram no local e combateram as chamas com apoio de um caminhão pipa da Secretaria Municipal de Obras.

O trabalho durou cerca de 2h sendo gastos aproximadamente 30 mil litros de água. Não houve ferido e apenas danos materiais.

 

Número de positivados por COVID aumenta em Patrocínio


Foi feita na manhã de hoje, 26 de julho a atualização do boletim epidemiológico da COVID 19 em Patrocínio e passou para 452 o total de casos confirmados. O número de óbitos segue em 10 e 45 pessoas estão na condição de ativas. Estão recuperados 397 pacientes testados positivos.

Ainda de acordo com o boletim, ainda há 5 pessoas que fizeram o teste e aguardam resultados.

Caiu para 4 o número de pacientes de Patrocínio internados em UTI. A taxa de ocupação e leitos caiu para 37,1% onde 9 pacientes são de outras cidades. Já a ocupação de leitos de enfermaria é de 54,5% com 36 ao todo, sendo que destes, 15 são patrocinenses.


Derrota em casa faz CAP cair na classificação


Com apenas duas semanas incompleta de preparação, o Clube Atlético Patrocinense entrou em campo pela penúltima rodada da fase de classificação do campeonato Mineiro neste domingo, 26 julho. A equipe grená recebeu o BOA Esporte no estádio Pedro Alves do Nascimento e sem torcedores em decorrência da pandemia da COVID-19.

Com uma apresentação bem aquém das nove rodadas anteriores, o time que teve que ser quase todo remontado acabou sendo derrotado pelo adversário por 1 x 0 com gol de Marcos Paulo na segunda etapa. O time até que tentou um resultado melhor, mas foi notório a falta de entrosamento e de tempo de preparação.

Com o resultado o Patrocinense ficou estacionado nos 12 pontos, mas caiu uma posição na tabela de classificação devido a vitória do Uberlândia de 2 x 1 sobre o Villa Nova no Parque do Sabiá. O time uberlandense foi a 14 pontos e tomou a sexta colocação da Águia que vai terminar a rodada em sétimo, independente dos demais resultado, já que a URT perdeu para o Cruzeiro por 3 x 0.

Agora o Patrocinense joga contra o Atlético Mineiro na quarta-feira, 29 às 21h30. Já o BOA joga contra o Tupynambás no mesmo horário.

 

Polícia Militar realiza o lançamento do programa "PROERD EM CASA"


A Polícia Militar em parceria com escolas da rede pública, realizou o lançamento do programa PROERD em Casa. Inicialmente o Cabo PM Pedro Henrique, instrutor PROERD, fez contato com os gestores de seis escolas para apresentar as ações que serão realizadas pelo programa PROERD em Casa, uma iniciativa pioneira da Polícia Militar de Minas Gerais e do Governo Estadual para dar continuidade ao Programa Educacional de Resistência às Drogas - PROERD.

As atividades estão sendo postadas para os alunos no canal do YouTube PMMG Mirim, no aplicativo Conexão Escola, no site do governo estadual: https://estudeemcasa.educacao.mg.gov.br/ e no programa de TV "Se liga na educação", transmitido pela Rede Minas.

Os instrutores acompanharão as atividades a distância para orientar os alunos e tirar as dúvidas que possam surgir.

PROERD: ensinando a escolher uma vida segura e saudável!

Polícia Militar de Minas Gerais - 245 Anos: Uma Polícia Solidária.

Autor: ASCOM 46º BPM


economico 21 05 20
camara 16 07 20
acip 06 05 20
 prefeitura 20 07 20
banner chris animado
nota fiscal eletronica
 banner loteria ok
banner acarpa lateral 260x200
patrocinio tenis clube