Polícia chega a casa do tráfico em Guimarânia

Em Guimarânia/MG, dia 14, por volta de 04h00min a PM recebeu diversas denúncias de que na residência localizada na Avenida Serra Negra estaria ocorrendo intenso tráfico de drogas, com a presença constante de usuários.

De posse dessas informações, iniciou-se monitoramento no local, sendo visualizado a entrada de um cidadão S.G.O. de 22 anos no referido imóvel. Após o mesmo sair da residência, foi realizada sua abordagem, sendo localizada no bolso do seu short, uma porção de uma substância semelhante à crack.

Em diálogo com o autor este relatou ter adquirido a droga do cidadão J.A.F. de 28 anos pela quantia de dez reais, sendo que posteriormente na presença dos demais autores, mudou sua versão, dizendo que teria somente fumado maconha no imóvel juntamente com o outro autor.

Com base nessas informações, foi realizada abordagem na residência citada, visualizando os autores J.A.F., A.P.S. de 23 anos, A.D.M.S. de 21 anos e S.R.I.S. de 25 anos. Ao ser procedido busca no imóvel, foi localizado uma pedra (que fracionada renderia aproximadamente quatro porções) de uma substância semelhante à crack, dentro da garrafa de café que estava na cozinha.

Também foi localizada dentro do guarda roupas de J.A.F., duas porções de uma substância análoga a cocaína, no chão próximo ao sofá onde os autores estavam sentados, doze porções de uma substância semelhante a crack. Ainda no imóvel foram localizados saquinhos plásticos utilizados na embalagem dos entorpecentes, e a quantia de cinqüenta e oito reais.

No telhado da residência vizinha, foram localizadas duas facas, que segundo relato dos autores, foi arremessado por um dos autores juntamente com um saco plástico contendo maconha, o qual não foi localizado devido à baixa luminosidade.

Nenhum dos autores confessaram a propriedade das substâncias encontradas. Ressalta que os envolvidos possuem vasta ficha criminal, inclusive tráfico de drogas, roubo e furto. Nos celulares de dois dos autores, foram localizadas diversas conversas no aplicativo whatsapp, em que os mesmo comercializam substância ilícita entorpecente. Diante do exposto os materiais foram apreendidos e ambos os autores foram conduzidos ilesos a Delegacia de Policia Civil.

perfect car 260-200 03072015ok
acip banner 10072013
francelino 260x200 dn
acarpa-260x200px19092017
banner topfive dianews